Perdeu-se.

junho 02, 2016 0 comentários
Perdeu-se a essência, o prazer. Perdeu-se o sentido, a alegria. Perdeu-se a confiança, a entrega. Perdeu-se a paz, o aconchego. Propositalmente, inevitavelmente, inesperadamente. Não se sabe. Ele se perdeu. Perdeu-se. Nesse turbilhão, ela se perdeu também. Perderam-se.  Devagar, aos poucos. Sem dor, sem escândalos, sem poréns. A vida tratou de tornar tudo mais leve, mais aceitável. Os costumes se tornaram outros, as rotinas também. Aos poucos, tornaram-se lembranças. Um sorrio ao relembrar o outro. Sim, relembrar... Pois, de fato, nunca foram esquecidos. 


0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Íntimo & Desconhecido | TNB